Sites hespano cam sex chat

Raimundo , como no de 109$ era Senhor de Portugal o Conde D. Nós sa- bemos, que a 3 de Agosto de 1095 a ™ a governava em Coimbra o Conde D. de 1753 na qual confirma Henricus designatus Gener Régis. He das palavras mais anti- gas da Monarchia , segundo se per- suade Manoel de Faria na sua Eu- rop. Porém com o rodar dos tempos se augmentárão em rendas, ou se lhe unirão os menos opulen- tos j e deste modo se fizerão ainda mais appetecidos. E aos Leigos, ou que não são Clérigos , deixa no mesmo anno Senhas Sayas de Sarja da Villa* O que se deve ler Sarja a* Avila \ pois ainda hoje he formosa a muita , e boa , que nesta Cidade se fabrica. Raimundo , segundo a Escri- tura adduzida por Marinho na Fund. E se tão somente estava apalavrado , he bem certo , que não estava recebida E quando este Doe não seja de huma fé incontestável : no Livro dos Testa- mentos de Santa Cruz de Coimbra se acha a Doação, que o Conde D. intitulando-se totius Galleti* Prime fs, E se em toda a Galhza (que então se estendia até Coimbra) domina- va D. Nos princípios da Monarchia Por- tugueza fez-se indispensável o soc- corro , e assistência das Ordens Mi- Ji tares, com quem repartirão a Co- roa , e os Vassallos largas porções , de terreno , Igrejas , e Mosteiros , de que fizerão Commendas , e Prece- ptorias , que ficarão perpétuas , sen- do os serviços temporaes. Nos Documentos deste tempo se acha a cada passo memoria desta Sarja , e pannos d'Avila , ainda que com alguma insignificante mudança em o nome. Esta era huma das diferentes Teigas , que em Portugal havia , e de que •e tratará. O tem- po voraz, que tudo consome, ealtéra,foi antiquando aquelle Dialecto , que d sombra das nossas Armas havia retumbado nas quatro Partes do mundo , e tomou quasi imperceptíveis , não só os Monumentos particulares , mas ainda os Reaes Diplomas , que entre nós se conservão. Assim continuavão as cousas, quando por morte de Octaviano Cesar Augusto , a Lingua Latina adulterada com innumeraveis solecismos, e barberismos de tantas, e tão diversas Nações sujeitas a Roma , começou a deca- hir Digitized by Google vi Advertência hlr da sua pureza , e a dividir-se em Língua Latina , e Romana , ou Mixta: aquella pura, eesta misturada dé expressões nada menos que Latinas : e isto principalmen- te , quando nos princípios do Século V. Tudo isto são Abusoens , porque senão usa d'cstas cousas co- mo de meios proporcionados á con- secução do que por ellas seper- tende. Aqui , pois se reproduzetn as Palavras , Termos, e Frases , com que o Portugal antigo ouvio foliar os seus adorados Príncipes , t Monarcbas , de quem V. Compozerão-se entoo os Grandes do Reino , e os pequenos ao Exemplar Soberano da Casa Real, e a todos foi comtnum a Língua da Nação. 1784, a ser legitima a Ins- cripçáo , que alli copiou, a qual muitos Eruditos julgão falsa , e contrafeita. Tal he a Nomina , ou Amuleto da Abra- cadabra contra a Terçãa-doble : pas- sar agua por cabeça de cão , para conseguir algum proveito : dar a co- mer bolo, para saber de algum fur- to , &c. O Li- vro dos Testamentos de Lorvão, o Livro Preto de Coim- bra, o de D. • ■ * Aqui principia a figurar a Lingua Portugueza sepa- rada já da Hespanhola , ou Toletana. Do Verbo Abastar , c seus deriva- dos , usárão com frequência os Por- tuguezes no Século XIII. o Titulo de Arcbi-Abbade , que he o mesmo , que Abbade Primá- rio , e Universal de todos os Mos- teiros , que dc Cluni dependião. Al- guma vez permittião , que os Mon- ges tivessem seu Abbade legitimo , e Regular, cujo poder, authorida- de , e jurisdicçao se não extendia fo- ra do Mosteiro, ealém da inspec- ção sobre a Monástica Disciplina, Grassou esta peste não só pela Eu- ropa , mas ainda por todo o Orien- te , a pezar das queixas , e reque- rimentos dos Summos Pontífices, e Bispos na presença dos Príncipes , que todos se desculpavão com o es- pecioso pretexto, de não poderem restituir inteiramente os Bens Ec- clesiasticos , sem detrimento grave da Milícia , de quem pendia a de- fensa , e segurança dos seus Es- tados; Depois que Hespanha começou a respirar da oppressao tão longa dos Sarracenos , se virão fundar de novo , ou restaurar , quasi innume- raveis , e pela maior parte , insigni- ficantes Mosteiros de Cónegos , e Monges , por toda a extensão da Lusitana Monarchia. Mumadoma de Guimarães, os Documen- tos de Pedroso , de Braga , e outros muitos , que nos seus Originaes se conservão , e que neste Elucidário se accu- são, não permittem hesitar , que a Lingua Portugueza era por este tempo o mesmo que a Hespanhola , cujos monumentos por Yepes , Rores, Risco , e outros até ho- je publicados, nos offerecem antes huma verdadeira iden- tidade , que huma mera semelhança. A divisão dos Ter- ritórios, e Dominantes trazendo comsigo a divisão dos ânimos , igualmente foi causa , de que também na lin- guagem houvesse dif Terença. No Bispado de Béja, em a nossa Lusitânia foi mui célebre o Mos- teiro de S. Não saberei dizer , se o zelo da Religião mul- tiplicava estes Domicílios , se a van- gloria de celebrarem o seu nome , e proverem á subsistência das suas Fa- mílias , era quem movia os seus Fundadores. Raimundo fez aos Povoadores de Mon- te-Mór , o Velho , V. Raimundo : menos bem se diz , que dois annos antes governava allt o Conde D. Como quer que seja, no de 1096 este Ilustríssi- mo Tronco dos Monarcas Portuguezes havia tomado pos- se de tudo , o que se chamava Portugal , e dado a mão de Esposo á Herdeira mais nova de Alfonso VI. Manoel deo á Terra de Paiva no de 1 5- 1 3 se diz =: Paga-so mais nesta Terra outro Direito no Rie Douro , a saber : nos tres Arrinhos de Boyro , de Midoens , e de Douride , e de todos estes Casões levdo o quarto dos sáveis , e das lampreas soomente , que se matão com Vargas, A este Direito , que se pagava das Vargas , chamárão os Francezes em Latim do Século XIII. E daqui parece tomarão os Hespanhoes D as Digitized by Google %6 AB * AB as suas Bardas , ou Bardaes , que propriamente são estacadas , cani- ços , ou sebes , entretecidas de vergas , ou varas , e lhes servem de curraes em que hoje recolhem os gados , mas com que algum dia , e com diffcrentc figura , colhião os peixes. Teimoso, per- tinaz , fixo no seu parecer, obstina- do. Depois as Conquistas dos Portuguezes em todo o Mundo fora da Europa , e as limitadas rendas para satisfação dos beneméritos , forão os princi- paes motivos de introduzir nos Mos- teiros os Abbades Commendatarios. Também podemos di- zer que seria panno de Aboroil , Ci- dade de Franca. ; e des- de então os Portuguezes começarão a distinguir-se pelo seu Dialecto dos mais Povos de Hespanha. Na Baixa Latinidade se cha- mou Varcatura , Vtrgatura , e Va U xatorio : a estacada feita de varas , com que as margens dos rios se coartavão , para que não destruís- sem os visinhos campos. E com effeito , as Cncommendas des- tes Benefícios feitas por tempo li- mitado , c a Pessoas da mesma Pro- fissão , não serião contra a razão, e Direito.

A' ir- rupção dos Bárbaros seguio-se a negligencia , ou igno- rância dos Amanuenses , que adoptárão Orthografias arbi- trarias , e mui discordantes. Daqui Abas- tosamente : com abundância , com fartura , com largueza. Patochia , que antigamente tinha Prelado , ou Abbade , e que fre- quentemente se chamava Mosteiro. Abbade do Campanário ( pelo principal Sineiro ) D u Ab- Digitized by Google 18 AB Abbade da Confraria : Abbade do Coh legio , ou Abbaãe do Povo , como ainda hoje chamão os Gcnovezes aos seus Reitores. No Con- cilio Romano de 1116 se arroga- va este Titulo o Abbade de Cluni ; porém João Caetano Cancellario do Papa o desenganou que este Titu- lo era só próprio do Abbade do Atonte Cassino , como Vigário , e Successor de S. Grego- rio Magno , que por muitas vezes entregou as Igrejas viuvas aos Bis- pos mais visinhos , em quanto não erão providas de Pastores j e talvez concedeo a sua Administração aos Bispos desterrados , em quanto não podiao voltar ás suas próprias Igre- jas. abrira a porta a semelhan- te abuso ; concedendo Commendas aos Bispos , c Clérigos , que aban- donarão as suas Igrejas , rugindo á irrupção dos Serracenos, que no seu tem- Digitized by Google AB tempo destruirão , c roubárao toda a Sicilia , e grande parte da Itália. Também se dizia Am.ptella : Sic ipsa arruptella ab integro concedi" mus. Mas não só isto : nesta Puerícia da Lingua Portu- gueza não faltárão Vocábulos da Italiana , e da Catalãa , que aqui entrarão com as Senhoras Rainhas D. Com a grande Armada do Norte, que navegando em soc- corro da Terra Santa , ajudou de caminho a conquistar Silves , e outras Praças do Algarve no de 1 1 89 , entrou a Religião de Roca- Amador , que tinha por Instituto o servir nos Hospitaes. se achão alguns Documentos em Portuguez; mas não consta , que alguma Lei positiva firmasse este costume , que mesmo não foi constante ao tempo d'El~ Rei D. Diniz, Primogénito , e Herdei* ro da Coroa , foi capaz de instrucção , elle o proveo dos Mestres mais hábeis daquelle tempo. E esta abarca, mie coíbe o sal , nom paga portagem, ABARCA. Certa espécie de calçado rústico, que também se diz AUibarca. Garcia III., Reis de Navarra , derão a Alcunha dc Abarca. Assim cha- marão á herdade , ou casal , em que o Emphyteuta , ou Colono não reside, c habira , e por conseguinte expostos os seus fructos a serem roubados de . E nom vos obrigant- os a povoardes a dita qttebrada \ por' que nom tem formal , e sempre assi andou abaregada. Na Praça de Guimarães se vê ho- je hum Templo , dedicado ao Pa- trão das Hespanhas , que antiga- mente foi Collegiada. A esta seguirão as dos Trinos , Fran- ciscanos , e Dominicos no tempo d'El-Rei D. , assim como a dos Carmelitas calçados no d'El-Rei D. E todos estes Institutos , Originários de tão diversas Províncias , e Nações , forçosamente havião de trazer comsigo algumas addições , e mudanças á Lingua Portugueza ; e isto em hum tempo , em que ella nada ti- nha de regularidade , e consistência. Não erão os Por- tuguezes desprezadores das Letras. CumpÔe-se de huma sola , e alguns pedaços de Couro cru , ata- dos com cordéis. Não desconhecerão os Hebreos este cilçado , porém o usa- vão muito mais polido , segundo se vc da Abarca de S. Sobre estes modelos he que se for- márao as Alpargartas, Alpagartes, ou Alparcas , já de linho , já de couro , de que usão algumas Reli- giões, senão mais reformadas, mais austeras. Esta se unio a outra mais insigne da Senhora da Oliveira , ficando o seu Abba- de Mestre-Escóla , que ainda ho- je tem o Titulo de Abbade de San- tiago. Porém no primeiro de Ju- lho de 135-9 demittio as ditas duas causas aos Abbades; recebendo em satisfação a Igreja de Bretiande, e dois grandes Casacs cm Ferreiros de Tendacs; com condição expressa: que seria o Mosteiro restituído de todos os seus bens , se os Bispos de Lamego, ou os seus Cónegos em algum tem- po lhe faltassem a este contrato , que tbi confirmado pela Sé Apos- tólica ; segundo se evidencia do testemunho authentico do Vcnera- E vel obstantes qoaesquer Privilégios , Prescripçáo , ou Posse , ainda Immemorial. C^Uando a felicidade grande de ser Alumno dehuma Corporação , que tan- to se destingue em ter a V. Tapar huma por- ta , fresta , , ou outra qual- quer abertura do muro , ou pa- rede com pedra , e cal. Vicente Salgado , que com os seus laboriosos Escritos faz honra á Nação , em as Memorias Ecclesias- ticas do Reino do Algarve ediç. Sabe- mos sim , que na Província de Galliza ( a qual pelo IX» Século se extendia até as margens do Mondego ) foi mais curta, e mais socegada a sua residência. Columbano no de 580 , a quem obedecia todo aquelle Paiz , c o mesmo Bispo.

Search for Sites hespano cam sex chat:

Sites hespano cam sex chat-22Sites hespano cam sex chat-64Sites hespano cam sex chat-70

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

One thought on “Sites hespano cam sex chat”